Alexander Zverev - Reprodução / Twitter

Um dos duelos mais aguardados do Masters 1000 de Montreal aconteceu nesta quinta-feira. Em duelo disputado na quadra central do torneio canadense, o jovem alemão Alexander Zverev derrotou o australiano Nick Kyrgios por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1h11 de partida. É a primeira vitória de Zverev em três encontros contra o adversário da Austrália.

Leia mais:
Federer vira sobre Ferrer e pega Bautista Agut em Montreal
Wilson lança nova raquete Ultra e corda Luxilon edição especial em homenagem a Guga

Na primeira parcial, a quebra veio no terceiro game para o lado alemão. Zverev rechaçou o serviço de Kyrgios e manteve a vantagem até fechar o set por 6/4. O australiano chamou o fisioterapeuta na virada de quadra entre o sétimo e oitavo games, por conta de dores no quadril, o que limitou sua mobilidade na quadra. No fim do primeiro set, o jovem tenista da Austrália voltou a pedir atendimento médico para o quadril, mas voltou para a partida.

No segundo set, Zverev manteve a postura e aproveitou da limitação física do adversário para conseguir uma quebra no quinto game para confirmar na sequência e fazer 4/2 no placar. Sem muito o que fazer, Kyrgios começou a fazer das suas mágicas, ainda que não acertasse parte delas. No nono game, Zverev teve três match-points e conseguiu a quebra na primeira tentativa, fechando a partida por 6/3 e garantindo um lugar nas quartas de final do torneio canadense.

O próximo adversário de Alexander Zverev será o sul-africano Kevin Anderson, que mais cedo derrotou o norte-americano Sam Querrey por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1. Nos três confrontos no circuito mundial entre eles, o germânico venceu todos. O último encontro aconteceu na última semana, no ATP 500 de Washington, com vitória de Zverev em sets diretos. Na ocasião o jovem alemão sagrou-se campeão do torneio.

Compartilhar
Jonas Furlan
Descobriu o tênis em 1993, quando jogava Tennis Ace no Master System. Anos depois, um de seus tios emprestou uma raquete e nunca mais parou de jogar. É fundador do Portal Rackets e cobre o tênis nacional e internacional há mais de seis anos.