Foto: Reprodução/Twitter

Caroline Wozniacki é a grande campeã do Australian Open. Na manhã deste sábado, a dinamarquesa venceu a romena Simona Halep por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (2), 3/6 e 6/4, e conquistou seu primeiro título de Grand Slam da carreira.

LEIA MAIS:
+ Federer se isola como maior finalista em torneios Grand Slam; veja a lista
+ Babos e Mladenovic vencem russas e são campeãs de duplas em Melbourne

Com o triunfo, Caroline soma 28 títulos e também garante seu retorno ao topo do ranking mundial após seis anos, enquanto Simona ocupará a vice colocação e segue sem conquistar um Major na carreira.

Wozniacki começou com tudo no primeiro set. Sem errar pontos e pressionando a adversária, a dinamarquesa abriu 3/0 e controlava as ações do jogo.

Aos poucos, Halep foi se encontrando na partida e parou de cometer erros não-forçados. Assim, no nono game, quando Caroline teve a chance de sacar para o set, a romena devolveu a quebra e deixou tudo igual.

O tie-break até começou equilibrado, mas com dois erros de devolução cometidos por Halep, Wozniacki conseguiu a vantagem necessária para sair na frente.

A segunda parcial começou equilibrada. O terceiro game foi o mais disputado, tanto que Simona salvou quatro break points e demorou dez minutos para confirmar seu serviço.

No quinto, apresentando claros sinais de desgaste físico, Halep pediu atendimento médico e não estava 100% em quadra. Mesmo assim, a romena não se entregou, venceu o serviço de Wozniacki no oitavo game e garantiu a vitória no set.

Antes do início da parcial decisiva, o jogo ficou parado por dez minutos por conta do calor que fazia em Melbourne. Na volta, o cenário parecia melhor para a dinamarquesa, que logo conseguiu quebrar e abrir 2/0.

Porém, mostrando muita garra, Halep ficou no jogo e devolveu. Na sequência, as duas trocaram quebras até que o placar mostrava 4/4 após oito games.

No nono game, Wozniacki confirmou seu saque e, na sequência, quebrou o serviço de Halep de novo, desta vez garantindo a vitória e o primeiro título de Slam após dois vices. Esta também foi a primeira conquista da Dinamarca em Majors.