Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

O Grand Slam Board, órgão responsável por organizar os quatro principais eventos do mundo do tênis, anunciou nesta terça-feira que novas regras serão adicionadas para as partidas. Depois de dois dias de reunião em Londres, na Inglaterra, o comitê definiu que as mudanças passarão a valer já no Australian Open de 2018.

A primeira modificação é o uso do “serve/shot clock”, que delimita o tempo exato de 25 segundos para os tenistas se aprontarem antes de cada serviço. Os jogos também passarão a ter a limitação em cinco minutos para o tempo de aquecimento antes de uma partida. Ambas as inovações foram testadas no Next Gen Finals.

Leia mais:

Uma das grandes preocupações do mundo do tênis é o alto número de desistências nas partidas de estreia. Para amenizar esse problema, o conselho definiu que os atletas inscritos poderão manter 50% da premiação da primeira rodada se anunciarem a retirada até o meio-dia da quinta-feira anterior ao sorteio. Os lucky-loser que entrarem em seus lugares receberão um aumento de 50% em seu prize money.

Por fim, o GSB também anunciou que os Grand Slam permanecerão com 32 cabeças de chave em 2018. Entretanto, o número poderá ser reduzido para 16 já em 2019, a fim de diminuir a previsibilidade dos duelos da primeira semana.

Veja o comunicado completo: