Foto: Reprodução Twitter/Open Sud de France

Lucas Pouille, número 17 do mundo, é o campeão do ATP 250 de Montpellier. Neste domingo, ele fez 2 sets a 0 no compatriota Richard Gasquet (33º), em final francesa. As parciais foram de 7/6(2) e 6/4, em 1 hora e 27 minutos de jogo.

O troféu é o quinto da carreira de Lucas, o terceiro conquistado em quadras indoor. Ele também venceu Metz, em 2016, e Viena, em 2017, em locais fechados. Em espaços abertos, levou o troféu no saibro de Budapeste e na grama de Stuttgart, ambos no ano passado.

Veja também:
Monteiro luta muito, mas perde para Ramos-Vinolas na semi em Quito
FILA domina circuito latino e patrocina Argentina Open, Rio Open e Brasil Open

No primeiro set, o equilíbrio marcou a partida. Os sacadores levaram a melhor, confirmando todos os serviços. Gasquet ainda precisou salvar três break points, enquanto Pouille não cedeu chances. No desempate, melhor para o cabeça 2 do torneio, que fez 7/2.

A segunda parcial seguiu o mesmo roteiro no saque de Lucas, que novamente não deu oportunidades de quebra a Richard. E, desta vez, o experiente tricampeão de Montpellier acabou cedendo um de seus serviços, o que definiu o placar de 6/4, garantindo o troféu para o tenista de 23 anos.

Agora, Pouille segue para Roterdã, onde joga o ATP 500 da cidade, como cabeça de chave 7. Ele tem estreia complicada contra o jovem russo Andrey Rublev (36º). Gasquet também atua no evento, começando contra o compatriota Pierre-Hugues Herbert (76º).

Nas duplas, os campeões de Montpellier também foram definidos. Os irmãos britânicos Neal Skupski e Ken Skupski superaram o japonês Ben Mclachlan e o francês Hugo Nys em sets diretos, com parciais de 7/6(2) e 6/4, levando o primeiro troféu de nível ATP da parceria.