Torneio contará com uma série de mudanças. Foto: Divulgação

A Associação de Tenistas Profissionais anunciou em entrevista coletiva cedida nesta terça-feira que implantará uma série de mudanças nas regras do jogo para o NextGen Finals.

O torneio, que será realizado pela primeira vez entre 7 e 11 de novembro, reunirá em Milão os melhores tenistas de até 21 anos para uma disputa nos moldes do ATP Finals.

Confira as alterações:

Sets menores: As partidas serão disputadas em melhores de cinco sets, todos com 4 games, ao contrário dos 6 utilizados no resto do circuito. Além disso, os duelos não contarão com a “vantagem”, que será substituída por pontos decisivos. Justificativa: aumentar o número de momentos cruciais durante os jogos.

Menor tempo de aquecimento: Embates começarão precisamente 5 minutos depois do segundo jogador entrar em quadra. Justificativa: Reduzir o tempo de espera antes dos jogos.

Cronômetro: Um cronômetro marcará cada um dos eventos dentro das partidas: Os tenistas terão exatos 25 segundos para sacar e o intervalo entre os sets, tempo médico e entrada dos jogadores em quadra também serão contados. Justificativa: Evitar que os limites determinados sejam ultrapassados.

Fim do let: O let não levará mais a repetição dos pontos. Justificativa: Trazer mais um elemento de imprevisibilidade ao começo dos pontos.

Tempo médico: Cada jogador poderá pedir apenas um tempo médico por partida.

Treinadores: Os jogadores e treinadores poderão se comunicar em determinados pontos da partida (a serem determinados), proporcionando um conteúdo adicional e mais entretenimento para transmissão. Os treinadores não serão permitidos na quadra.

Com a palavra, o Presidente

“Estamos animados para trazer algo novo como este evento. O mundo dos esportes está mudando rapidamente, assim como a maneiras pelas quais os fãs estão consumindo tênis. Este evento não é apenas sobre a próxima geração de jogadores, mas também sobre a próxima geração de fãs. Criamos esse novo torneio justamente para nos permitir olhar para algumas mudanças em potencial dentro de um ambiente de alto nível. Nós estamos cientes das tradições do nosso esporte e vamos nos focar para assegurar a integridade do nosso produto ao avaliar se algo deve ser levado adiante nos eventos regulares da ATP World Tour no futuro”, disse Chris Kermode, Presidente da associação.

Compartilhar
Guilherme Souza
Estudante de Jornalismo e fundador do site Four Blitz. Colaborador do Tennis Info desde 2016 e membro da bancada do Podcast Backhand na Paralela. Grande fã de Guga, Federer e Nadal. Acima de tudo, um apaixonado por esporte.