Andy Murray não deu chances para Berdych, confirmou o grande favoritismo nesta sexta-feira e garantiu uma vaga na decisão de Wimbledon 2016. O britânico jogou melhor, foi mais sólido e despachou o tcheco em sets diretos, placar de triplo 6/3 em 1h58 de partida na quadra central do All England Club.

Murray cedeu apenas 1 break point ao seu rival durante todo o confronto. Mais agressivo, confirmou 5 quebras em 10 oportunidades criadas diante de Berdych, que estava com o saque descalibrado. O cabeça de chave 2 foi superior no número de aces (7 a 5) e mostrou muito mais regularidades com apenas 9 erros não forçados.

Na grande final de Wimbledon, Andy vai lutar pelo seu terceiro título de Grand Slam – os outros dois foram conquistados no US Open 2012 e Wimbledon 2013. A atual temporada do escocês não poderia ser melhor. Está será sua 6ª final do ano – sendo que conquistou dois títulos (Roma e Queen’s) – e a sua 11ª final de Grand Slam na carreira.

Murray se tornou o britânico com maior número de finais em Grand Slam (11):

O confronto direto contra o finalista Milos Raonic aponta seis vitórias para Murray e apenas três derrotas. Os últimos cinco jogos foram vencidos pelo número #2 do mundo e a final deste domingo será uma reedição da decisão em Queen’s, onde Andy venceu por 2 sets a 1.

Wimbledon é no TENNIS INFO!

Compartilhar
Vinicius Araujo
Fundador e editor do TENNIS INFO desde 2015. Credenciou o site e fez a cobertura in loco de grandes torneios como Roland Garros, Miami Open, Rio Open e Brasil Open. Apresenta o Podcast Backhand Na Paralela.