Crédito: Fotojump

O Brasil perdeu dois de seus três representantes na chave de simples do ATP 250 de Buenos Aires. Nesta terça-feira, Thiago Monteiro (96º) e Rogério Dutra Silva (105º) perderam na primeira rodada e deram adeus ao evento argentino.

O primeiro a entrar em ação foi Rogerinho. Contra o anfitrião Leonardo Mayer (50º), ele até saiu na frente ao vencer o set inicial no tiebreak, com 7/4 no desempate. Porém, não conseguiu manter o ritmo.

O dono da casa dominou o segundo set e fez 6/2. No decisivo, o brasileiro até conseguiu a quebra primeiro, marcando 3/1. Porém, perdeu seu saque duas vezes seguidas e permitiu a Mayer definir o duelo com 6/4.

Veja também:
Federer estreia nesta quarta em Roterdã: veja o horário e quem transmite
Monteiro, Rogerinho e Bellucci jogam Challenger no Chile logo após o Brasil Open

Monteiro, por sua vez, não conseguiu manter o embalo após chegar à semifinal em Quito. Ele encarou o experiente espanhol Fernando Verdasco (40º) e perdeu por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 7/5.

O início do cearense foi ruim, com o europeu abrindo 4/0 no primeiro. Depois disso, o número 1 do país até conseguiu confirmar, mas saiu derrotado por 6/2. Melhor no segundo set, Thiago manteve o empate até 5/5, mas perdeu o saque no 11º game. Verdasco não perdeu a chance de fechar em 7/5.

Com as quedas de Dutra Silva e Monteiro, a única esperança brasileira em simples é Thomaz Bellucci (137º). Ele furou o quali e superou Pedro Cachin (276º) na primeira rodada. Garantido nas oitavas, espera o argentino Diego Schwartzman (24º) ou o austríaco Andreas Haider-Maurer (418º).

Demoliner cai nas duplas

Na chave de duplas, Marcelo Demoliner, jogando ao lado do espanhol Guillermo Garcia-Lopez, caiu na estreia. Eles enfrentaram os cabeças de chave 1, os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, vice-campeões do Australian Open.

A partida foi equilibrada e definida nos detalhes, em dois tiebreaks, vencidos por 9/7 e 11/9, respectivamente. O brasileiro e seu parceiro tiveram set point em ambas as parciais, mas não conseguiram finalizar.

Agora, Demoliner, que segue sem dupla fixa no circuito da ATP, disputa o Rio Open, na próxima semana. Na lista de inscritos, ele está incluído para jogar com o italiano Paolo Lorenzi.