Canadense não jogará o último Grand Slam da temporada. Foto: Mutua Open

Último Grand Slam da temporada, o US Open não contará com a participação de mais um dos tenistas melhores qualificados.

Na noite da última quarta-feira (24), o canadense Milos Raonic anunciou em sua conta do Instagram que não jogará o torneio por conta de uma lesão no pulso esquerdo. A mesma contusão já havia tirado o número #11 do mundo do Masters de Cincinnati na última semana.

Leia mais:

Com o anúncio de Milos, o US Open passa a contar com apenas sete dos onze primeiros colocados no ranking. Além dele, Novak Djokovic, Stan Wawrinka e Kei Nishikori já haviam desistido da competição para tratar de lesões.

Confira alguns trechos da declaração:

“Tentei tudo o que estava ao meu alcance para me recuperar dessa lesão a tempo para o US Open, que é um evento muito especial para mim. No entanto, a dor é muito grande e, em consulta com meus médicos, não tive outra opção senão desistir do torneio”, comentou Milos.

“Hoje, fui submetido a um procedimento para remover partes do osso que causaram desconforto e me impediram de jogar do jeito que eu normalmente posso”, declarou o tenista de 26 anos

“Tenho muito respeito pelo US Open e os meus colegas competidores para pegar um lugar no sorteio quando eu sei que não poderei me esforçar ao máximo durante as partidas”

“Estou desolado por perder este evento e a chance de jogar na frente da fantástica torcida em Nova York, mas eu realmente não tinha outras opções. Espero me recuperar e voltar às quadras em questão de semanas. Estou ansioso para retornar ao circuito o mais saudável e mais forte possível para terminar o ano de 2017 da forma adequada”, concluiu Raonic, que tem como melhor resultado as oitavas de final no triênio 2012-2014.

To all my friends and fans, I’m writing to provide you with an update on my injury. As you know, I’ve been dealing with a painful condition in my left wrist, which has been bothering me for many weeks now and recently forced me to withdraw from the Cincinnati Masters. I have tried everything in my power to rehabilitate this injury in time for the US Open in order to play an event that is so truly special to me. However, the pain is too great and, in consultation with my doctors, I am left with no option but to withdraw from the event. Today, I underwent a procedure to remove portions of the bone that have been causing the discomfort and preventing me from being able to play the way I normally can. I have too much respect for the US Open and my fellow competitors to take a spot in the draw when I know I cannot give full effort due to this injury. I am crushed to miss this event and a chance to play in front of the fantastic New York crowd, but I truly had no other options. I am already back in the gym starting my rehabilitation, and hope to be recovered and back on the court in a matter of a few weeks. I look forward to rejoining the tour healthier and stronger and finishing the 2017 year in proper form. Thank you for all the support. I’ll keep you updated in the days to come, and look forward to seeing you all at a match soon. Yours, Milos Raonic #TeamMilos

A post shared by Milos Raonic (@mraonic) on

Compartilhar
Guilherme Souza
Estudante de Jornalismo e fundador do site Four Blitz. Colaborador do Tennis Info desde 2016 e membro da bancada do Podcast Backhand na Paralela. Grande fã de Guga, Federer e Nadal. Acima de tudo, um apaixonado por esporte.