Foto: Reprodução Twitter/ATP World Tour

Juan Martín Del Potro, número 12 do mundo, segue confirmando seu favoritismo no ATP 250 de Auckland. Na madrugada desta quinta-feira, pelas quartas de final, o cabeça de chave 2 do evento superou o jovem russo Karen Khachanov (48º). As parciais foram de 7/6(4) e 6/3, em 1 hora e 33 minutos de partida.

Com a volta ao top 10 confirmada para a semana que vem, o argentino busca iniciar a temporada com uma grande campanha. Na semi, ele terá pela frente o experiente espanhol David Ferrer (38º), que não tomou conhecimento do sul-coreano Hyeon Chung (62º) e fez 6/3 e 6/2.

Veja também:
Confira a chave completa de simples masculino do Australian Open
Kerber supera Cibulkova e vai à semifinal do Premier de Sydney

No primeiro set, Delpo viu um rival muito firme em seus saques. Mesmo acertando apenas 51% dos primeiros serviços, o europeu não cedeu um break point sequer, assim como o sul-americano. Com isso, a partida foi ao tiebreak. No desempate, melhor para o cabeça 2, que fez 7/4 e abriu vantagem.

Mudando o roteiro na segunda parcial, Juan Martín quebrou o russo logo no segundo game, abrindo 3/0 rapidamente. Depois disso, mais uma vez sem dar chances em seus serviços, o número 12 do mundo foi preciso para chegar ao 6/3 e finalizar o jogo.

A partida entre Del Potro e Ferrer será a 11ª entre eles no circuito da ATP, e o espanhol leva ligeira vantagem: 6 a 4. No último encontro, no Us Open de 2016, o argentino foi melhor, triunfando por 3 sets a 0, parciais de 7/6(3), 6/2 e 6/3.

Agut e Haase jogam a outra semifinal

A segunda semifinal do ATP 250 de Auckland será entre o espanhol Roberto Bautista-Agut (21º), cabeça de chave 5, e o holandês Robin Haase (43º). Ambos venceram seus jogos de quartas de final em sets diretos.

O primeiro fez 7/6(1) e 6/2 no tcheco Jiri Vesely (64º) para confirmar a vaga. Já o segundo marcou duplo 6/4 no alemão Peter Gojowczyk (65º). Agut e Haase se encontrarão pela segunda vez no circuito. O holandês venceu em Casablanca, em 2013: 6/3, 2/6 e 7/5.