Divulgação: ATP World Tour

No desempate entre o suíço Roger Federer e o alemão Alexander Zverev, quem saiu com a vitória foi o número #2 do mundo. Depois de duas vitórias para cada lado, o tenista de 36 anos lutou muito e saiu com o triunfo nesta terça-feira após anotar parciais de 7/6 (8-6), 5/7 e 6/1 em 2h12.

A partida começou bem equilibrada e o serviço era o principal artifício para ambos os tenistas, que tinham aproveitamento de mais de 80% dos pontos vencidos com o primeiro serviço. No tie break, os dois se revezaram na liderança até o Leão da Montanha liquidar o placar na parcial.

Federer iniciou o segundo set em melhor momento, quebrando o serviço do adversário para fazer 2 a 0 em poucos minutos. Zverev então se recuperou, virou o placar e igualou o marcador fazendo uso de excelente jogo de fundo.

Na etapa final, Federer voltou a superar o saque de Sascha logo no início da disputa. No quinto game, o germânico perdeu cinco pontos seguintes e permitiu ao Leão da Montanha abrir 4 a 1. Embalado, ele rapidamente finalizou o placar após uma dupla falta de Zverev.

Leia mais:

Com a vitória, Roger chega a duas vitórias no ATP World Tour Finals, se firma como líder do Grupo Boris Becker e garante a classificação para a semifinal. Agora, ele encara o croata Marin Cilic na quinta-feira. Já Zverev, por sua vez, encara o norte-americano Jack Sock em confronto direto pela classificação.