Reprodução Twitter

Roger Federer prevaleceu nos torneios de grama e após conquistar o nono título do ATP 500 de Halle, faturou o tão sonhado oitavo título de Wimbledon após cinco anos de espera. Aos 35 anos de idade, Federer está voando neste ano e chegou a cinco títulos na atual temporada – Wimbledon, Halle, Miami, Indian Wells e Australian Open.

Leia mais
+ Relembre as oito conquistas de Federer em Wimbledon

No ranking desta segunda-feira, o suíço subiu para terceiro colocado e segue atrás apenas de Andy Murray, número 1 do mundo, e Rafael Nadal, vice-líder. Federer possui uma diferença de um pouco mais de mil pontos para o líder e se fizer uma boa temporada de quadras rápidas, tem grandes chances de voltar ao topo. O seu próximo torneio ainda é incerto. Tudo indica que o maior campeão de Grand Slams volte no ATP Masters 1000 de Cincinnati.

Com boas campanhas em Wimbledon, onde alcançaram a semifinal, Gilles Muller e Sam Querrey também subiram no ranking da ATP. O luxemburguês eliminou Nadal nas oitavas de final e perdeu para o vice-campeão Cilic nas quartas. Com os resultados, Muller bateu sua melhor marca da carreira como #22 do mundo. Querrey vem logo uma colocação atrás. A semifinal na grama sagrada garantiu cinco posições para o norte-americano, que eliminou Murray nas quartas.

Outro destaques positivos foram as ascensões e melhores marcas da carreira de Mischa Zverev (#28), Karen Khachanov (#33), Rogério Dutra Silva (#64 e atual #1 do Brasil) e Andrey Rublev (#74 aos 19 anos de idade e junto com Tiafoe são os mais jovens entre os Top 100).

Clique aqui e confira o ranking completo!
Compartilhar
Vinicius Araujo
Fundador e editor do TENNIS INFO desde 2015. Credenciou o site e fez a cobertura in loco de grandes torneios como Roland Garros, Miami Open, Rio Open e Brasil Open. Apresenta o Podcast Backhand Na Paralela.