Espanhol é o atual campeão de Roland Garros e dos Masters de Monte-Carlo e Madri Reprodução: Twitter/Rafaholics

O ranking da ATP tem um novo líder a partir desta segunda-feira (21). Dono de quatro títulos na temporada – sendo um Grand Slam e dois Masters 1000 – o espanhol Rafael Nadal volta a ocupar o número #1 do circuito masculino pela primeira vez desde 6 de Julho de 2014.

Leia mais:

Ao todo, o maiorquino soma 141 semanas no posto, ocupado pela primeira vez em 18 de Agosto de 2008, quando tinha apenas 22 anos.

Muitas coisas aconteceram desde a última vez que eu estava nesse posto. Passei por lesões e alguns momentos difíceis, é claro, mas eu mantive a paixão e o amor pelo jogo, e é por isso que eu tive a chance de voltar a essa posição novamente. Tentarei apenas aproveitar o momento e tentar estar pronto para competir. Essa é a coisa mais importante para mim agora”, declarou Nadal na última segunda-feira.

Dimitrov e Kyrgios sobem

Tenistas fizeram grande campanha em Ohio. Foto: @CincyTennis

Finalistas no Masters 1000 de Cincinnati, o búlgaro Grigor Dimitrov e o australiano Nick Kyrgios também subiram na lista divulgada nesta segunda.

Grande campeão da competição, Dimitrov subiu duas posições no ranking para voltar ao top 10 e ocupar a nona posição. Kyrgios, por sua vez, recuperou cinco lugares para aparecer na 18ª colocação.

Semifinalistas na competição, o norte-americano John Isner e o espanhol David Ferrer foram outros a melhor seus índices, aparecendo na 14º e 25º colocação, respectivamente.

Mesmo eliminado na estreia do Western & Southern Open, o alemão Alexander Zverev voltou a salta no ranking, ultrapassando o croata Marin Cilic para se tornar o número #6 do mundo, sua melhor marca na carreira.