Marcelo Melo - Número 1 do ranking mundial de duplas - Foto: Reprodução Facebook

por Erivelton Viana

Alcançar o topo do ranking mundial não é para qualquer um. Com muita dedicação, suor e perseverança, o mineiro Marcelo Melo conseguiu essa marca em 2015 após uma temporada impecável. Recentemente, o tenista de 32 anos perdeu a liderança do ranking de duplas, mas logo retomou o posto de número #1 do mundo. Poucos dias antes do Aberto da França, onde defenderá o título ao lado do croata Ivan Dodig, conversamos com o melhor duplista da atualidade. Confira!

TENNIS INFO: Primeiramente, gostaríamos de agradecer sua disponibilidade em conceder esta entrevista ao nosso portal. Você retornou à posição de número 1 (dia 09/05), qual a importância dessa conquista? Ser o número 1 da ATP muda seu dia a dia de alguma forma? Você foi tratado diferente?

MARCELO MELO: É uma conquista muito importante. Estar no topo do ranking é muito importante para mim e para o tênis brasileiro. Os jogadores passam a te tratar com mais respeito, pois sabem que alcançar esse objetivo é muito difícil na carreira.

12743629_820011938127522_1300318713602803812_n
Melo recebe homenagem do Rio Open por ter atingido o posto de número 1 do mundo. Foto: Reprodução Facebook

TENNIS INFO: Sabemos que 2015 foi um ano especial na sua carreira – com 6 títulos em 7 finais – mas não vai ser fácil defender todos estes pontos. Como você analisa a disputa entre as melhores duplas atualmente? Murray/Soares e Mahut/Herbert estão em ascensão, além dos experientes Rojer/Tecau e os irmãos Bryans.

MARCELO MELO: A corrida das duplas está muito interessante. Estão todas muito perto umas das outras, o que torna muito interessante. Todas estas duplas são perigosas, independente de um alguma fase ruim, como no caso dos irmãos Bryans.

TENNIS INFO: Qual a sua expectativa e como será a preparação para Roland Garros, torneio que você defende o título e 2000 mil pontos?

MARCELO MELO: A expectativa é muito boa, sempre jogamos bem lá. Vou fazer a melhor preparação possível para tentar defender o título.

Marcelo Melo e Ivan Dodig com o troféu de campeões em duplas masculinas em Paris 2015. Foto: Reprodução Facebook
Melo e Dodig com o troféu de campeões em duplas masculinas em Paris 2015. Foto: Reprodução Facebook

TENNIS INFO: Como anda seu relacionamento profissional com o Ivan Dodig? Ele disputará a chave de simples em Paris? Isso interfere o rendimento nas duplas?

MARCELO MELO: Anda muito bem. Não tivemos um começo de ano ideal, porém voltamos a jogar bem desde Monte Carlo. As simples não interfere nas duplas, isso posso dizer bem porque já estamos jogando juntos faz 5 anos.

TENNIS INFO: Sabemos que por conta da complexidade do circuito, às vezes os jogadores acabam trocando de parceiros em alguns torneios, você não acredita que isso seja ruim para a consolidação da dupla?

MARCELO MELO: Acho que não. São trocas temporárias. Toda a divulgação é feita com as duplas que sempre jogam juntas ou pelo menos com as principais. Hoje, as dez primeiras jogam o ano todo junto praticamente, o que acaba ajudando para a não interferência na consolidação.

TENNIS INFO: Aproveitando o tema de parceria, sabemos que hoje você e o Bruno (que são grandes amigos) jogam separados, recentemente disputaram os torneios do Rio de Janeiro e São Paulo, mas não conquistaram títulos. Como será a preparação para as Olimpíadas? Você acredita que exista alguma pressão por medalhas?

MARCELO MELO: Vamos chegar na Olimpíada na melhor forma possível, isso podemos garantir. Vamos chegar alguns dias antes para treinar nas quadras e nos preparamos ainda mais. Não acredito em pressão, pois jogamos bem juntos e temos condições de conquistar uma medalha.

919106_385994774862576_2135635967_o
Melo e Soares em ação pela equipe brasileira de tênis na Copa Davis. Foto: Reprodução Facebook

TENNIS INFO: Aproveitando ainda o tema Brasil, como está a expectativa de disputar a Copa Davis em casa? (A Copa Davis será disputada em Belo Horizonte – MG nos dias 15-16 de julho).

MARCELO MELO: Eu fiquei muito feliz com a oportunidade de jogar uma Copa Davis em Belo Horizonte, em especial no Minas Tênis Clube, onde eu aprendi a jogar. Com certeza será um momento muito especial para mim!

TENNIS INFO: Sempre vemos posts seu com Novak Djokovic, existe essa relação de amizade no circuito? Como você destacaria a relação entre os dois líderes do ranking ATP?

MARCELO MELO: Você acaba se identificando com alguns jogadores, criando uma amizade, já que estamos disputando os mesmos torneios durante o ano todo. Eu acho que todos que estão entre os melhores tem boas relações. Não teria porque não ter.

11923225_736888313106552_6559308637708031219_n
Djokovic e Melo – Os dos líderes do ranking mundial da ATP World Tour – Foto: Reprodução Facebook

TENNIS INFO: Para finalizarmos, quem é o mais bonito? O Marcelo Melo do tênis ou o Marcelo Melo das novelas?

MARCELO MELO: Deixo para o público feminino responder essa pergunta, vale a pesquisa (rs)!

Compartilhar
Erivelton Viana
Pós-graduando em Jornalismo esportivo, louco por tênis desde sempre. Sampras, Federer e Guga, seus ídolos. Um esporte, um amor, uma paixão.