Após três vice campeonatos, o sérvio Novak Djokovic enfim conseguiu o tão almejado título de Roland Garros. Fez história na quadra central de diversas maneiras. Ele bateu o escocês Andy Murray por 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/1, 6/2 e 6/4, para conquistar o Career Slam (ganhar os quatro torneios durante a carreira) e também ser o primeiro tenista desde o australiano Rod Laver a ser o detentor do título dos quatro torneios do Grand Slam. O australiano segue sendo o único a ganhar os 4 torneios no mesmo ano na Era Aberta do tênis. É o primeiro tenista desde 1992 a conquistar o Aberto da Austrália e Rolang Garros no mesmo ano.

Logo após cumprimentar seu adversário na rede, Djokovic desenhou um coração na quadra e se deitou, fazendo uma homenagem ao brasileiro Gustavo Kuerten, que estava nas arquibancadas e não conteve a emoção. O brasileiro chegou a chorar. Djokovic disse que havia pedido autorização para Guga.

Este foi o décimo segundo título de Grand Slam do sérvio, que se aproxima ainda mais de Rafael Nadal e Pete Sampras (14 títulos cada um). O maior vencedor segue sendo o suíço Roger Federer com 17.

Após um primeiro game arrasador em que quebrou o saque de Murray sem perder um ponto, Djokovic perdeu seu serviço em seguida e viu Murray dominar completamente as ações. Murray comandou as trocas de bola e o ritmo do jogo. Com isso voltou a quebrar o saque de Nole e fechou por 6/3.

No final do primeiro set Djokovic discutiu com o árbitro de cadeira e isso parece que o motivou. Após este incidente o que se viu foi um domínio assustador de Djokovic. Em momento algum foi novamente ameaçado e massacrou o adversário e fechou o segundo set por 6/1, o terceiro por 6/2 e sacou para fechar a partida em 5/2 do quarto set. Nesta altura Murray conseguiu quebrar o saque de Nole e prolongar um pouco mais a partida, mas no final Djokovic fechou o quarto set por 6/4 e a partida por 3 sets a 1.

Com o título de hoje as possibilidades de Nole ganhar os 4 Grand Slams no mesmo ano aumentam muito, pois ele tem 3 títulos de Wimbledon e 2 do US Open. Caso ganhe os dois Grand Slams restantes, conseguirá algo absolutamente inédito na história do esporte: 6 títulos consecutivos. Vale lembrar que ele é o maior favorito ao ouro olímpico. Seu lugar entre os grandes do esporte já estava garantido, mas após a partida de hoje e com as possibilidades futuras, ninguém é capaz de prever até onde irá o sérvio.

 

Compartilhar
Daniel Ribeiro
Advogado, tenista desde os 9 anos de idade, professor de tênis há 12 anos. Apaixonado pelo esporte!