Reprodução Twitter/ATP World Tour

Juan Martín Del Potro, 12º colocado do ranking mundial, começou bem sua temporada em 2018. Estreando no ATP 250 de Auckland, o argentino não teve problemas para superar o jovem canadense Denis Shapovalov (50º) e avançar às quartas de final do torneio. As parciais foram 6/2 e 6/4, em 1 hora e 5 minutos.

Após descansar na primeira semana de torneios do ano, Delpo é o cabeça de chave 2 no evento neozelandês e já tem garantido seu retorno ao top 10 com o triunfo. Não importa o que aconteça no resto da semana, o sul-americano será número 10 do mundo no ranking a ser divulgado na próxima segunda-feira.

Veja também:
Rio Open investe no entretenimento e confirma novas atrações
Monteiro e Feijão são eliminados e Brasil terá apenas um tenista na chave de simples masculina do AO

No primeiro set, a partida deu a impressão que seria equilibrada. Sem dificuldades, Shapovalov confirmou seus primeiros saques, assim como Juan Martín. Porém, a partir do 2/2, só deu o argentino. Com duas quebras seguidas, ele logo fechou em 6/2.

A segunda parcial foi de extrema eficiência de Del Potro. Ele não cedeu break points ao garoto de 18 anos e, na única chance que teve, quebrou. Assim, garantiu a vitória e a passagem às quartas ao marcar 6/4.

Na próxima etapa de Auckland, oargentino pega o russo Karen Khachanov (48º), que superou o uruguaio Pablo Cuevas (33º) por 2 a 0: 6/2 e 7/6(4).

Atual campeão, Sock é eliminado na estreia

O norte-americano Jack Sock, 8 do mundo e atual campeão do torneio, não passou da estreia na Nova Zelândia. Ele perdeu para o alemão Peter Gojowczyk (65º) por duplo 6/3 e deu adeus às chances de ser bicampeão.

Outros dois atletas dos EUA, Sam Querrey (13º) e John Isner (16º), tiveram o mesmo destino do top 10. Eles caíram nas oitavas, com reveses para o tcheco Jiri Vesely (64º) e para o sul-coreano Hyeon Chung (62º), respectivamente.