Reprodução Next Gen Finals

Neste sábado (11), o cabeça de chave 6 e atual #54 do mundo Hyeon Chung venceu o principal favorito Andrey Rublev e conquistou o título do inaugural ATP Next Gen Finals, disputado em quadra rápida coberta sem linhas de duplas em Milão.

Chung precisou de 1h57 para vencer de virada, parciais de 3/4(5), 4/3(2), 4/2 e 4/2. Esta foi a 3a. vitória do sul-coreano sobre o russo, sendo uma partida vencida em Winston-Salem 2017 e outra na fase de grupos do torneio.

O primeiro set começou muito equilibrado e com nenhuma quebra de serviço, foi decidido no tie-break. Rublev vinha mais agressivo no jogo, mas também soube trabalhar bem os pontos. O russo venceu o tie-break com moral e largou na frente rumo ao título.

Na segunda parcial, o tenista natural de Moscou confirmou um break point, sacou com firmeza e logo abriu 2/0. No entanto, viu seu rival da Coreia do Sul reagir e vencer no tie-break.

No terceiro set, Chung contou com um grande nervosismo de Rublev, que saiu de 0/2 e chegou a empatar o set. Mas Hyeon manteve-se muito sólido, errou menos e virou o jogo com autoridade.

O tenista da Rússia continuo muito nervoso, reclamando dos erros e sem foco na partida. Coube ao “Ice” Chung continuar jogando firme e com dois break points vencer o quarto set e a partida.

Veja a trajetória do campeão no torneio
+ Chung luta pelo título do Next Gen Finals neste sábado
+ Chung vence mais uma e vai à semi invicto em Milão 
+ Chung se classifica para a semi do Next Gen Finals

Com a conquista, Hyeon Chung não levou pontos para o ranking da ATP World Tour, no entanto, por terminar a competição de forma invicta, embolsou um prêmio de 390 mil dólares como o primeiro campeão do Next Gen Finals.

O torneio permanece em Milão até 2021. Até o próximo ano e com mais tenistas da nova geração! Deixa a sua opinião sobre o torneio nos comentários.