Crédito Fotojump

Após a grande vitória na estreia do Rio Open 2017, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray concederam entrevista coletiva e mostraram-se bem otimistas com relação ao torneio, as condições e a chance de conquistar o inédito título.

“Vamos focar primeiro na partida desta quinta-feira e pensar em cada jogo. Teremos um grande desafio e vai ser uma partida complicada. Perdi para o Molteni no Brasil Open do ano passado e o Schwartzman joga duplas muito bem. Não vamos ter adversário fácil”, comentou o jogador da casa.

+Leia mais: Programação de peso nesta quinta-feira com Bellucci contra Monteiro

Pela segunda vez no Brasil – a primeira vez foi nas Olimpíadas – o canhoto Murray elogiou o apoio das pessoas ao seu redor e afirmou que a atmosfera na quadra foi muito boa. “Nós temos muito suporte todos os dias e um grande apoio. Foi muito legal jogar aqui nesta noite e com uma grande atmosfera na quadra”, acrescentou Jamie.

Bruno ainda ressaltou que fizeram uma excelente temporada em 2016 e se jogarem o seu melhor tênis, podem conquistar grandes torneios. “Do último ano pra cá, estamos com uma visibilidade maior e mais reconhecimento da torcida. A pressão aumentou e temos uma grande responsabilidade como cabeças de chave 1. Estamos encarando o lado positivo”, finalizou o brasileiro de 34 anos de idade.