Crédito: Fotojump

A ATP divulgou nesta quarta-feira a lista completa com os tenistas que disputarão a chave principal do Rio Open apresentado pela Claro, entre os dias 19 e 25 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro. A lista é encabeçada, pela 2a. vez na história do torneio, por três tenista do grupo dos top 10, incluindo o atual campeão Dominic Thiem (5o.); Marin Cilic (6o.) e Pablo Carreño Busta (10º). O francês Gael Monfils, requisitadíssimo pelo público, o espanhol Fernando Verdasco e o britânico Kyle Edmund, confirmaram presença no maior torneio da América do Sul pela primeira vez.  Os finalistas de todas as edições do ATP 500, Alexander Dolgopolov, Fabio Fognini , Guido Pella, além de Carreño Busta, também voltarão ao Rio. Os ingressos para o principal evento de esporte olímpico do país estão à venda em www.tudus.com.br/rioopen.

Novidade no Rio Open, Marin Cilic chegará ao Jockey Club Brasileiro como um dos favoritos ao título. O campeão do US Open 2014 terá Dominic Thiem, campeão do ano passado e Carreño Busta, o vice, como seus principais adversários. Gael Monfils (39º), que vem ao torneio pela primeira vez e no sábado conquistou o 7º título da carreira, no ATP de Doha, será outro grande nome na luta pelo título inédito do Rio Open, ao lado dos experientes Verdasco(40º) e Fognini (27º), um dos favoritos da torcida carioca, e do campeão de 2015, Pablo Cuevas. Sem falar, em Albert Ramos Vinolas (22º), vice-campeão em Monte Carlo no ano passado e em Diego Schwartzmann (26º), um dos tenistas que mais subiu no ranking no ano passado.

A sensação britânica Kyle Edmund, também promete ser um das grandes atrações do Rio Open em 2018. O britânico  que começou a temporada com a semifinal do ATP de Brisbane, joga o maior torneio da América do Sul pela primeira vez na carreira em busca de bons resultados também no saibro. Os argentinos Guido Pella, Leonardo Mayer, Horacio Zeballos e Federico Delbonis; o italiano Paolo Lorenzi; o sérvio Dusan Lajovic; o esloveno Aljaz Bedene; o espanhol Guillermo Garcia Lopez; checo Jiri Vesely; o  alemão Cedrik Marcel Stebe; dominicano Victor Estrella Burgos e o americano austríaco Andreas Haider Maurer, completam a lista.

Com apenas 23 dos 32 jogadores confirmados, a chave ficará completa após a definição dos 4 tenistas do Rio Open qualifying, 4 convidados da organização do evento, sendo um desses reservado pra tenistas da lista A+ da ATP e uma vaga de special exempt. Os brasileiros terão a oportunidade de entrar na chave principal através da fase classificatória ou de convites do Rio Open.

“Para o Rio Open é muito importante continuarmos a trazer tenistas do top 10 e é um compromisso nosso desde a primeira edição. É a segunda vez que conseguimos trazer 3, com um campeão de Grand Slam entre eles e além disso temos uma série de nomes conhecidos do público e que gostam de fazer um espetáculo. É o caso do Monfils, do Verdasco, do Fognini, sem falar no Edmund que é um cara novo e vem para cá pela primeira vez também. Temos umas das listas mais diversas destes cinco anos do Rio Open, com estilos de jogos para todos os gostos,” disse Luiz Carvalho, diretor do Rio Open.

Dominc Thiem  (AUT) – 5º
Marin Cilic  (CRO) – 6º
Pablo Carrenõ Busta (ESP) – 10º
Albert Ramos Viñolas (ESP) – 22º
Diego Schwartzmann (ARG) – 26º
Fabio Fognini (ITA) – 27º
Pablo Cuevas (URU) – 33º
Alexander Dolgopolov (URK) – 37º
Gael Monfils (FRA) – 39º
Fernando Verdasco (ESP) – 40º
Paolo Lorenzi (ITA) – 45º
Kyle Edmund (GBR) – 49º
Aljaz Bedene (SLO) – 51º
Leonardo Mayer (ARG) – 52º
Guido Pella (ARG) – 56º
Andreas Haider-Maurer (AUT) – 63º *
Jiri Vesely (CZE) – 64º
Horacio Zeballos (ARG) – 56º
Federico Delbonis (ARG) – 67º
Guillermo Garcia Lopez (ESP) – 70º
Dusan Lajovic (SRB) – 75º
Victor Estrella Burgos (DOM) – 81º
Cedrik-Marcel Stebe (GER) – 83º
*ranking protegido