Gustavo Kuerten é homenageado na quadra Philippe Chartier. Foto: Jeff Paiva/Tennis Info

Antes da disputa da partida final de Roland Garros 2017, o brasileiro Gustavo Kuerten foi homenageado na quadra central Philippe Chatrier, onde desenhou um coração há 20 anos, depois de conquistar seu primeiro título profissional: o Aberto da França 1997.

Nesta tarde o famoso coração foi reproduzido por bolas de tênis e, dentro dele, Guga recebeu o anel de integrante do Salão da Internacional da Fama do Tênis, para o qual havia sido indicado em 2016.

Segundo o presidente do International Tennis Hall of Fame, o ex-tenista Stan Smith, a entrega do anel cerimonial é feita sempre em um lugar de especial significado para o homenageado. Para Guga, este lugar é a quadra central de Roland Garros.

O tênis foi muito importante na construção da minha história – e este lugar em especial. Só tenho a agradecer a vocês” disse Guga, em francês, frente aos mais de 15.000 espectadores que o aplaudiam e repetiam o canto ouvido a 20 anos: “Olê, olê olê olá… Gugá, Gugá!

Compartilhar
Jeff Paiva
Jornalista e publicitário, cobriu esportes de 1997 a 2005 por veículos como Tennis View, Terra e UOL. Aprendeu a jogar tênis depois de anos cobrindo o esporte e entendeu que é bem mais complicado jogar do que falar. Ainda assim, fala muito - aqui e no podcast Backhand Na Paralela.